Nilton Travesso

// Palestrante

Nilton Travesso é uma lenda viva da televisão brasileira. Começou sua jornada em 1953 participando da fundação da TV na Rede Record, por onde trabalhou durante 21 anos como produtor e diretor, realizando diversas produções para novelas e programas de auditório como Jô Soares, Cidinha Campos, Maysa em Programa Premiere, Noturno, Programa Inezita Barroso, César de Alencar, Show 713 e Chico Anísio Show.

No cenário internacional, produziu Marlene Dietrich, Charles Aznavour, Nat King Cole, Ballet Béjart, Ballet Mossoiev, Ima Sumaq, Louis Armstrong e Sammy David Jr.

em 1960 participou da criança dos programas da Hebe, junto com Manoel Carlos, Raul Duarte e Antonio Augusto Amaral de Carvalho, responsáveis também pelo ˜Família Trapo˜, "Aliança para o Sucesso", "Fino da Bossa Elis Regina e Jair Rodrigues", "Bossaudade Eliseth Cardoso", "Show em Simonal", "Show Roquete Pinto" e "Show Dia 7, Como diretor, ganhou o Prêmio Roquete Pinto em 7 oportunidades.

Em 1966, 67 e 68 dirigiu os Festivais de Música Popular Brasileiro, criados por Solano Ribeiro. Na Rede Globo, junto com Manoel Carlos, José Itamar de Freitas e Maurício Shermann, dirigiu a nova fase do Fantástico a cores. Como diretor executivo foi responsável pelas novelas Sinhá moça, Direito de Amar, Chico Anísio Show, Video Show e Fantástico Musical.

Em 1987, na Manchete, em parceria com Jaime Monjardim, cria o Departamento de Teledramaturgia, responsável pelas novelas "Pantanal", "Ana Raio e Zé Trovão" e "Kananga do Japão". Em 1994 foi responsável pela implantação do Departamento de Teledramaturgia no SBT, dirigindo as novelas "'Éramos Seis", "As Pupilas do Sr. Reitor", "Sangue do meu Sangue", "Ossos do Barão" e "Razão de Viver". Em 1998 foi para a TV Bandeirantes e assumiu o cargo de Superintendente de Programação.

Nilton retorna à TV Globo em 2000 onde trabalha como Diretor de Núcleo até 2002. Criou a Oficial de Atores, Escola de Formação Profissionalizante de Atores, reconhecida pela Secretaria de Educação do Estados de São Paulo, em 2005. Também criou e dirigiu o Programa Manual, com Cristiana Arcangelli.

Fez direção de shows para a AGF com Bete Coelho e Tarcísio Filho, direção comercial para a UMC com Andréa Beltrão e o projeto Teatro do Estudante.

De 2005 até 2016 dirigiu diversas temporadas do Saia Justa, programa da GNT, com Monica Waldvogel, Monica Martelli, Maria Ribeiro, Betty Lago, Maitê Proença, Marcia Tiburi, Astrid Fontenelle, Luana Piovani, Ana Carolina e Tetê Ribeiro.

Em 2008, na Jovem Pan, implantou, junto com Tuta Carvalho, a TV Jovem Pan Online.

De 2015 até 2017 dirigiu o Programa Ronnie Von, na TV Gazeta.

Você nos dá um BRIEFING e nós damos a SOLUÇÃO!

© 2022 Direitos Reservados | CONEXXÃO | Política de privacidade